Rilo Kiley – With Arms Outstretched

Post da série “Músicas muito boas e que são sempre boas de revisitar”. Rilo Kiley e/ou Jenny Lewis tem uma porção de músicas gostosas, daquelas bem propícias a embalar momento únicos da vida da gente, sabe? Ou apenas, músicas que a gente gosta mais a cada vez que ouve.

Entre muitas dessas eu apontaria uma em especial, que é “With Arms Outstretched”. A letra por si só já pinta uma imagem bem bonita aos meus olhos, mas não bastasse isso a melodia tem alguns de meus elementos favoritos em música, como corinho, palmas e um tom de voz-e-violão. E ainda tem aquele feeling de uma gravação informal.

Ontem uploadei alguns álbuns pro meu mp3 e no meio deles um do Rilo Kiley. Quando With Arms Outstretched surgiu nos fones bateu aquele sentimento agradável de relembrar uma música favorita que há muito não se ouvia. 🙂

Até onde sei não tem vídeo oficial pra música, mas no Youtube tem alguns videos feitos por fãs, ao vivo, que apesar da qualidade merecem ser vistos várias e várias vezes.

Jenny Lewis

A Jenny Lewis, cantora da banda, é uma ruivinha fofíssima, minha gente! Quem assistiu Foxfires, aquele filme com a Angelina Jolie que foi traduzido como “Rebeldes” deve se lembrar dela como Red, umas das garotas do grupo 😉

Segue um vídeo e a letra da músicaboademais:

It’s sixteen miles to the promised land
And I promise you I’m doing the best I can
Don’t fool yourself in thinking you’re more than a man
‘Cause you’ll probably end up dead
I visit these mountains with frequency and I stand here with my arms up
Some days last longer than others
But this day by the lake went too fast
And if you want me you better speak up
I won’t wait
So you’d better move fast
Don’t fool yourself in thinking you’re more than you are
With your arms outstretched to me.

Coldplay disponibiliza canção de Natal

coldplay02.jpgO Coldplay publicou uma música nova no seu site oficial. “2000 Miles” não faz parte do próximo álbum da banda de Chris Martin, é uma versão de uma canção natalina gravada pelo Pretenders em 1983.

A canção esteve disponível para download em 2003 e tornou-se uma das canções mais baixadas do ano no Reino Unido (lucros das vendas foram direcionados para várias campanhas humanitárias).

A banda resolveu agora disponibilizar o tema no site com a seguinte nota:

mensagem.png

Segundo Martin, os integrantes do Coldplay adoram músicas de Natal, mas nunca conseguem gravar nada suficientemente bom. Por isso, acabam apelando para versões. O cantor ainda apontou sua favorita: Fairytale of New York, dos fantásticos Pogues, da Irlanda.

O próximo álbum de inéditas do Coldplay, sucessor de X&Y, de 2005, ainda não tem data para sair.

Fontes: Omelete e Orkut.

O presentinho da banda para os fãs ficou uma beleza. Vale a pena conferir! 😉

A Eterna Rainha do Rock

tina03.jpg

Estava eu num momento retro esses dias, buscando no YouTube todos aqueles vídeos de músicas que a.do.ro dos anos 80 e 90, quando decido procurar por algo da maravilhosa Tina Turner. De cara encontrei o vídeo de uma das minhas músicas favoritas dela, The Best, e pasmem! Desde então já devo ter assistido umas 100 vezes, sem brincadeira. Gente, o que é essa mulher? Que energia é essa que ela emana? Pra começar, a entrada dela nesse especial Divas, já é demais. Quando a música começa, a energia é tão forte, que você se arrepia inteirinho. A caminhada dela da limousine ao palco com as lindas pernas em close é espetacular. E assim que ela começa a cantar, é impossível não acompanhá-la. Impossível. Você não consegue mais desgrudar os olhos da tela, tamanho magnetismo e carisma. Logo você percebe que está cantarolando junto, tamborilando os dedos, batendo o pezinho ou ainda remexendo os ombros. Ou então é tomado por inteiro pela música e sai rebolindo-se todo (estou falando de uma experiência bem a la Será Que Ele É, quando o personagem de Kevin Kline não se contém aos primeiros e arrebatadores acordes de I Will Survive). A energia é tão boa, que você percebe a plena satisfação do público e da banda que a acompanha. Um sorriso em cada rosto, cantando com o coração. O saxofonista mesmo, entra quase que num frenesi sexual na hora do duo com a nossa estrela. Demais! Demais! Demais!

tina-turner.jpgE não bastasse só o talento de Tina e toda essa energia, minha admiração por ela vem também de sua superação. Uma mulher que sofreu por anos com a violência doméstica e teve coragem de abrir mão de tudo, só levando o nome artístico para recomeçar, e acaba tornando-se a Rainha do Rock, merece todo o respeito e admiração possível. 

Mas deixemos de blá, blá, blá e vamos ao que interessa, porque não importa o que eu escreva aqui, você só vai entender do que estou falando mesmo, vendo essa estrela no palco.

Então, senhoras e senhores, com vocês… Tina Turner:

Uma observação: Essa apresentação é de 1999, ou seja, Tina já com 60 anos de idade (inacreditável, né?!). Andei lendo que já estão programando uma super comemoração para os seus 70 anos, em 2009. YAY!

Para quem deseja baixar as mais diversas músicas da Diva, eis um vasto material aqui. Enjoy! :mrgreen:

Top 10 Canções dos anos 80

1. The Police – Every Breath You Take
2. Survivor – Eye of the Tiger
3. Foreigner – I Want to Know What Love Is
4. Van Halen – Jump
5. U2 – With or Without You
6. Guns N’ Roses – Sweet Child o’ Mine
7. Whitney Houston – So Emotional
8. Bonnie Tyler – Total Eclipse of the Heart
9. Lionel Richie & Diana Ross – Endless Love
10. J. Geils Band – Centerfold

Leia a lista completa com comentários de cada item aqui.

25 Grandes Músicas de 25 Péssimos Álbuns

Lista da revista Rolling Stones. Por tanto, povo, não xinguem-nos por qualquer discordância com a lista.

1. Under Pressure do álbum Hot Space de Queen
2. This Is England do álbum Cut The Crap de Clash
3. Eminence Front do álbum It’s Hard de The Who
4. Brownsville Girl do álbum Knocked Out Loaded de Bob Dylan
5. Hallo Spaceboy do álbum Outside de David Bowie
6. Kill Your Sons do álbum Sally Can’t Dance de Lou Reed
7. 2000 Light Years from Home do álbum Their Satanic Majesties Request de Rolling Stones
8. Goin’ Home do álbum Are You Passionate de Neil Young
9. Song For Guy do álbum A Single Man do Elton John
10. Don’t Look Back do álbum Don’t Look Back do Boston
11. Jammin’ Me do álbum Let Me Up I’ve Had Enough do Tom Petty and the Heartbreakers
12. Shipbuilding do álbum Punch the Clock do Elvis Costello
13. Go Let It Out do álbum Standing on the Shoulder of Giants do Oasis
14. Big Love do álbum Tango In the Night do Fleetwood Mac
15. Tonight do álbum Blue Moves do Elton John
16. Celluloid Heroes do álbum the Everybody’s in Show-Biz do Kinks
17. Country Death Song do álbum Hallowed Ground do The Violent Femmes
18. Busy Doin’ Nothin’ do álbum the Friends do Beach Boys
19. Supernova do álbum Whip-Smart do Liz Phair
20. The Most Beautiful Girl in the World do álbum The Gold Experience do Prince
21. Human Touch do álbum Human Touch do Bruce Springsteen
22. Learning To Fly do álbum Momentary Lapse of Reason do Pink Floyd
23. I Don’t Want Your Love do álbum Big Thing do Duran Duran
24. Wild Wild Life do álbum True Stories de The Talking Heads
25. My Love do álbum Red Rose Speedway de Wings

Que músicas estavam no topo no dia que você nasceu?

Esse site diz quais eram as músicas que estavam em primeiro lugar nas paradas em uma específica data em três países, Grã-Bretanha, Austrália e Estados Unidos. Muito fácil, é só informar o dia, mês e ano que você nasceu que ele já lista pra você.

As minhas, em 20 de Outubro de 1984, eram:

UK
Freedom – Wham!

USA
I Just Called To Say I Love You – Stevie Wonder

Australia
Careless Whisper – George Michael

Quais eram as suas? 🙂